Voltar à página inicial |

 

Visitas

O Parque Biológico de Gaia justifica a sua visita, nem que venha sozinho. Percorrer o seu percurso de descoberta da natureza é um prazer em qualquer estação do ano.

Mas, por exemplo, se é docente e quer trazer aqui os seus alunos, então deve optar por uma visita de grupo, analisando a possibilidade de participar em vários dos muitos ateliers que os Técnicos do Parque prepararam para os seus alunos.

 

Visita individual Visita em grupo  
Noite no Parque
Código de conduta  

Marcações: Gabinete de Atendimento
Horário: 9h00 – 18h00 de segunda a sexta-feira. Nota: a partir de novembro encerra às 17h00.
Telefones: 227 878 137 e 227 878 138 - e-mail:  atendimento_pbiologico@cm-gaia.pt

 

 

Visita individual

Um dia de lazer pode ser preenchido por um passeio muito agradável. Basta vir ao Parque Biológico.

 

Os espaços verdes rareiam junto das grandes cidades, e por isso quem lhes sente a falta sabe valorizá-los. A partir do momento em que se torna possível gozar parte dos tempos livres num  agradável passeio de três quilómetros é de aproveitar. Ladeado de arvoredo diverso, de ruralidade, de espaços museológicos, passar e ouvir o rio, admirar plantas e animais, este percurso apetece repetir.



Visita em grupo

O Parque Biológico de Gaia recebe muitas visitas em grupo.

Apesar de as Escolas e os Infantários serem das maiores fatias, também grupos de escuteiros entre outros não desperdiçam a possibilidade de usufruir dos programas de actividades de educação ambiental disponibilizados.



A visita de estudo


Chegado ao Parque, o responsável pelo grupo deverá dirigir-se à Recepção, onde apresentará o Comprovativo de reserva e pagará o custo das entradas; ali lhe serão prestadas todas as informações.

Cada grupo escolar será atendido separadamente. Para evitar perdas de tempo na Recepção, tenha pronto e preenchido, à chegada, o Comprovativo de reserva, com o número certo de participantes, e o modo de pagamento (dinheiro, cheque, multibanco ou cartão de crédito). Receberá um talão de máquina válido como recibo. Depois de efectuado o pagamento, a caixa não pode fazer reembolsos.

De seguida, o grupo é recebido em subgrupos de 30 elementos (no máximo) por um Técnico de Educação Ambiental que, de acordo com as idades e a estação do ano, fará uma pequena apresentação do Parque e conduzirá o grupo à exposição permanente "Encantos & Desencantos", ou então encaminhará esse grupo para o percurso de descoberta do Parque Biológico.

É altura, então, de iniciar a visita de campo, seguindo o Percurso de Descoberta da Natureza, com cerca de 3 Km, em circuito fechado e o único caminho do Parque pavimentado (portanto, apto para cadeiras-de-rodas).

Ao longo deste percurso surgem vitrinas de informação e pequenas exposições que ajudarão o visitante a descobrir o Parque e a interpretar a paisagem, a fauna e a flora. São os seguintes alguns dos temas tratados (como a informação está em constante melhoramento, poderá encontrar alterações a esta listagem): o Carvalhal, o Pinhal, os Moinhos, as Casas-rurais, os mais diversos animais da fauna da Europa, as Plantas, o rio Febros, a Geologia do Parque, etc.

Em todas as instalações com animais, e noutros locais, existem abrigos-observatórios com informação e janelas a várias alturas, para que possam ser usadas por visitantes de idades e estaturas variadas.

Nestes abrigos deve ser mantido silêncio.

Por princípio, a visita de estudo ao Parque é autoguiada, porque:
a) Há suficiente informação disponível ao longo do Percurso;
b) Cada visitante tem o seu ritmo próprio de caminhar e observar, e os seus interesses específicos;
c) O Parque também é um local de lazer, pelo que as visitas não devem ser feitas a correr.

Mas poderá, também, haver visitas guiadas, sujeitas a marcação prévia e ao pagamento de uma taxa adicional.

Terminada a volta pelo Percurso de Descoberta da Natureza (fase de exploração), e preenchido o Roteiro de Descoberta do Parque Biológico (fase de análise), os participantes na visita de estudo deverão completar a visita, já na escola, com um debate (fase de avaliação) orientado pelo professor ou animador.

Vivamente aconselhamos que o grupo traga consigo:
- Chapéu, no Verão, impermeável, no Inverno;
- Água para beber durante a visita;
- Bloco de apontamentos e lápis;
- Binóculos (se tiverem);
- Guias de campo de fauna e flora.

 


Noite no Parque

Em vez da visita de um só dia, pode optar pelo programa Uma Noite no Parque.Assim, vai conseguir absorver um maior conhecimento dos ritmos vitais do Parque Biológico, de dia e de noite.

No passeio nocturno vai ouvir sons, vislumbrar silhuetas da vida selvagem, sentir cheiros da natureza...

O facto de permanecer dois ou mais dias por cá, permite-lhe desenvolver um maior número de actividades, tudo na companhia dos nossos Técnicos, como pode verificar consultando os nossos Ateliers.Proporcione aos seus alunos uma experiência inesquecível, sem esquecer que há a possibilidade de pernoitar na nossa Pousada e de fazer as refeições no restaurante Vale do Febros.

 

 

Visitas guiadas em veículo elétrico

Deslocar-se no percurso de descoberta da natureza do Parque Biológico de Gaia não é problema para idosos ou deficientes físicos.
O Parque disponibiliza visitas guiadas por um técnico, em carro elétrico, com duração de uma hora e meia para 5 pessoas.
Veja o cartaz!

 


Código de conduta no Parque

(Regulamento Municipal aprovado pela Câmara Municipal de Gaia em 27/05/91 e pela Assembleia Municipal de Gaia, em 24/07/91, sendo o incumprimento sujeito a coimas)


Por favor partilhe esta informação com os seus alunos e os acompanhantes. Para tornar segura e produtiva a sua visita, os visitantes devem observar as seguintes regras e transmiti-las aos seus filhos:
- Não colha flores ou ramos, nem pise a vegetação;
- Mantenha-se exclusivamente nos caminhos;
- Não se apoie na vedação dos caminhos;
- Não trepe a árvores;
- Não bata nem se apoie em vidros ou redes que protejam animais;
- Não persiga os animais selvagens;
- Não recolha penas de aves caídas no chão;
- Para segurança dos animais e conservação das plantas, não atire nada, incluindo comida ou gelados, para o interior dos cercados (Decreto-lei n.º 59/2003);
- Não colha flores ou ramos, nem pise a vegetação;
- Por favor fale baixo; gritos e berros assustam os animais e incomodam os outros visitantes;
- Use os receptáculos próprios para o lixo e os receptáculos para reciclagem;
- Dentro do Parque só é permitido merendar no parque de merendas.

 

 

 

voltar ao topo


Parque Biológico de Gaia

4430-681 Avintes

Tel. 22 787 81 20 | geral_pbiologico@cm-gaia.pt